Qualidade de vida: 20 municípios paulistas onde morar é uma delícia

0
2094

A APM trabalha diariamente para que os municípios tenham condições de oferecer serviços de excelência a seus moradores e promoverem a qualidade de vida nas cidades paulistas.
Para homeagear os municípios, apresentamos 20 que merecem destaque.
A lista contempla dados oficiais do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). A metodologia foi adaptada do IDH Global pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Fundação João Pinheiro.
Três elementos são levados em conta: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda).
O IDHM é definido a partir dos cálculos de cada um desses itens. O índice geral foi organizado no Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil e foi divulgado em 2013. Confira:

(Fonte: portal Sempre Família)

1-sao-caetano-do-sul-fabrica-da-general-motors-em-destaque-foto-gm-do-brasil-divulgacao São Caetano do Sul

Com o melhor IDHM de São Paulo e também do Brasil, está São Caetano do Sul, município do ABC Paulista. Com 150 mil habitantes, a cidade obteve um bom desempenho por conta da renda per capita, que é de R$ 2043,74. Além disso, os índices de longevidade e educação também são elevados, o que levou a cidade a superar os outros 5564 municípios brasileiros.

2-aguas-de-sao-pedro-foto-prefeitura-de-aguas-de-sao-pedro-divulgacao Águas de São Pedro

Apesar de ser uma cidade pequena, com apenas 2700 habitantes, Águas de São Pedro possui um índice considerado muito alto (0,854), o que comprova a qualidade de vida que se tem no município.

3-santos-porto-de-santos-foto-secretaria-de-portos-divulgacao Santos

Com cerca de 420 mil habitantes, Santos, a maior cidade do litoral paulista, tem IDHM de 0,840. A educação foi o elemento que mostrou evolução entre 2000 e 2012. A cidade é conhecida por abrigar o maior porto da América Latina e manter uma atividade turística vinculada às suas praias. .

4-jundiai-praca-da-cultura-foto-governo-do-estado-de-sao-paulo-divulgacao Jundiaí

Além de apresentar um IDHM muito alto, de 0,822, um levantamento do Instituto Trata Brasil colocou Jundiaí no primeiro lugar do ranking de cidades paulistas com melhor saneamento básico entre municípios com mais de 300 mil habitantes.

5-valinhos-praca-washington-luiz-foto-divulgacao Valinhos

Localizada na região metropolitana de Campinas, Valinhos agrega 107 mil habitantes e possui IDHM de 0,819. A cidade se destaca na agricultura por conta da produção de goiaba, sendo a maior produtora do país.

6-vinhedo-foto-wikimedia-commons Vinhedo

Conhecido por abrigar o Hopi Hari, um dos maiores parques de diversão do Brasil, Vinhedo possui IDHM de 0,817, que é elevado por conta do fator educação. Prova disso é que, em 2014, o município recebeu o selo de cidade livre do analfabetismo.

7-santo-andre-praca-iv-centenario-foto-prefeitura-de-santo-andre-divulgacao Santo André

Com IDHM de 0,815, Santo André, que já viveu o auge da indústria automobilística décadas atrás, hoje diversifica sua economia e investe nos setores de comércios e serviços. Localizado no ABC Paulista, o município possui 679 mil habitantes.

8-araraquara-foto-wikimedia-commons Araraquara

A cidade possui o mesmo IDHM de Santo André (0,815), mas fica atrás no quesito renda. Araraquara tem cerca de 224 mil habitantes e possui um campus da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp).

9-santana-de-parnaiba-centro-historico-foto-prefeitura-de-santana-do-parnaiba-divulgacao Santana de Parnaíba

Com um IDHM de 0,814, Santana de Parnaíba possui cerca de 123 mil habitantes e é uma das mais antigas do estado. A cidade foi fundada em 1580 e abriga um Centro Histórico bastante visitado que conserva construções dos séculos XVII e XVIII.

10-ilha-solteira-avenida-brasil-foto-assembleia-legislativa-de-sao-paulo-divulgacao Ilha Solteira

Com IDHM de 0,812, Ilha Solteira foi construída no fim dos anos 1960 para abrigar trabalhadores da Hidrelétrica de Ilha Solteira. A cidade é um exemplo de urbanização, fornecimento de água e energia elétrica e saneamento básico, além de possuir um campus da Unesp.

11-americana-avenida-brasil-foto-wikimedia-commons Americana

Com 212 mil habitantes e IDHM de 0,811, Americana faz parte da Região Metropolitana de Campinas e faz parte do polo têxtil do estado. Seu nome faz referência aos imigrantes norte-americanos que vieram para a cidade no século XIX após o fim da Guerra Civil dos EUA.

12-sao-jose-dos-campos-avenida-teotonio-vilela-foto-prefeitura-de-sao-jose-dos-campos-divulgacao São José dos Campos

Considerada a capital da região do Vale do Paraíba, São José dos Campos possui 681 mil habitantes e IDHM de 0,807. No passado, sua economia era movida pelo café, mas a instalação de grandes indústrias no início do século XX alterou a dinâmica da cidade. O município agrega sedes importantes, como da Embraer, do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

13-presidente-prudente-praca-nove-de-julho-foto-wikimedia-commons Presidente Prudente

O nome desta cidade, que tem cerca de 220 mil habitantes e IDHM de 0,806, é uma homenagem ao ex-presidente da república e primeiro governador do estado de São Paulo, Prudente de Morais. Atualmente, a economia de Presidente Prudente, principal cidade do oeste paulista, é focada no setor de serviços.

14-sao-paulo-foto-wikimedia-commons São Paulo

Fundada por padres jesuítas em 1554, São Paulo cresceu principalmente no século XX, quando ocorreu a industrialização da cidade. Hoje, ela possui algo em torno de 11,8 milhões de habitantes, número superior ao de países como Grécia, Portugal, Uruguai ou Israel. Seu IDHM é de 0,805.

15-sao-carlos-foto-assembleia-legislativa-de-sao-paulo-divulgacao São Carlos

São Carlos possui o mesmo IDHM que a capital paulista, mas perde no fator da renda. Com 239 mil habitantes, a cidade tem a agropecuária como uma de suas principais atividades econômicas. Entretanto, também estão presentes grandes indústrias como a Faber-Castell, a Volkswagen e a Electrolux.

16-sao-bernardo-do-campo-foto-divulgacao São Bernardo do Campo

Berço do movimento sindical que deu origem a influentes líderes políticos, a cidade do ABC Paulista é movimentada majoritariamente pela indústria automotiva desde a década de 1950. Destacam-se as fábricas da Volkswagen, da Ford e da Mercedes-Benz.

17-assis-catedral-de-assis-foto-diocese-de-assis-divulgacao Assis

O IDHM de Assis empata com os de São Paulo, São Carlos e São Bernardo, mas a cidade é superada no quesito renda. Com 101 mil habitantes, Assis possui um campus da Unesp e um campus de pós-graduação da Universidade de São Paulo (USP).

18-campinas-foto-prefeitura-de-campinas-divulgacao Campinas

Terceiro município mais populoso de São Paulo, com 1,1 milhão de habitantes, Campinas se destaca por sua produção científica graças à Unicamp. Campinas possui o mesmo IDHM das outras quatro cidades citadas anteriormente, mas é superada nos itens educação e longevidade.

19-rio-claro-foto-wikimedia-commons Rio Claro

A cidade possui IDHM de 0,803 e 198 mil habitantes. Ano passado, a Amazon, empresa norte-americana de comércio de livros online, elegeu a cidade como a mais nerd do Brasil. Isso porque, proporcionalmente à sua população, é o município para o qual o site mais enviou livros relacionados à saga Star Wars.

20-bauru-foto-wikimedia-commons Bauru

A fundação de Bauru fez parte do movimento chamado Marcha para o Oeste, projeto de Getúlio Vargas para incentivar a ocupação e o desenvolvimento da região central do país. A cidade possui IDHM de 0,801 e tem 364 mil habitantes, sendo o município mais populoso do centro-oeste paulista.


Sobre a APM
A Associação Paulista de Municípios (APM) é uma entidade civil de âmbito estadual que representa 645 Municípios do Estado de São Paulo.
Nascida na década de 1940 do movimento Bandeira dos Prefeitos, foi institucionalizada como entidade representativa em 1948 com o objetivo de defender o ideal municipalista.
Ao longo de sua existência, a APM foi responsável por conquistas históricas, sendo a pioneira dos movimentos nacionais e estaduais para as mudanças da Legislação, principalmente Constitucional, na defesa dos interesses municipais.
Seu objetivo é ajudar os municípios a praticar uma gestão transparente e eficaz.

Site: http://www.apaulista.org.br/
Endereço: Rua Manoel da Nóbrega, 2010 – São Paulo – SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.