Consórcio Tietê-Paraná quer incentivar o turismo e atuar na preservação do meio ambiente

0
329

 Orlando Pereira Barreto Neto, o Du Barreto, prefeito de Brotas, é o novo presidente do Consórcio Intermunicipal da Hidrovia Tietê-Paraná (CITP), tendo como vice-presidente o prefeito de Itapuí, José Eduardo Amantini.
Entidade que abrange 69 municípios do Estado (com 31 membros efetivos atualmente) ao longo do vale do Rio Tietê, iniciando-se no município de Salto até Ilha Solteira, na foz com o Rio Paraná, o Consórcio tem por objetivo desenvolver as atividades econômicas da hidrovia, o turismo, comércio e indústria, sem descuidar da questão importantíssima do meio-ambiente.

foto-3x4-du-barreto“A hidrovia liga a região Sul, Sudeste e Centro-oeste do país e é de extrema importância para o escoamento de grãos, minérios e, na região central, para o transporte de etanol. Além disso, é uma opção de lazer e turismo, oferecendo estirões de águas navegáveis e balneáveis. É um trabalho de suma importância e elevada honra poder participar de uma diretoria, também composta por outros prefeitos, todos por trabalho voluntário e sem remuneração, objetivando benefícios aos municípios envolvidos”, afirma Du Barreto.
O presidente anuncia que, juntamente com Amantini, demais prefeitos e funcionários do CITP, pretende energizar o Consórcio, fazer links com órgãos dos governos estadual e federal, com os comitês de bacia, para levar projetos e serviços de consultoria para os municípios, facilitando a consecução de recursos e trazendo novos parceiros para esse trabalho. Du Barreto não esquece de ressaltar o grande trabalho até aqui realizado pelos presidentes que o antecederam.
O Consórcio nasceu na cidade de Jaú, em 1989, por iniciativa do ex-prefeito Sigefredo Griso.
Sem cor partidária, mas com sólida posição institucional.
“A hidrovia tem um enorme potencial econômico e ambiental, que pode gerar emprego e renda com políticas preservacionistas”, explica o vice-presidente José Amantini. “Pretendemos trabalhar junto ao governador Geraldo Alckmin, deputados, prefeitos e empresários para que possamos ajudar a desenvolver essa imensa capacidade”.
O transporte hidroviário no trecho paulista possui 800 quilômetros de vias navegáveis, dez reservatórios, dez barragens, 23 pontes, 19 estaleiros e 30 terminais intermodais de cargas, nas quais chegam a ser transportadas 6 milhões de toneladas por ano.
O mandato de Du Barreto e José Amantini vai até abril de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui